© 2023 by AMUSE BOUCHE. Proudly created with Wix.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon
Sobre Mim

      Meu nome é Raquel, tenho 27 anos e moro em São Paulo, Brasil.

      Sempre fui uma garota comum, comendo hambúrguer e hotdog, comendo mais do que meu corpo aguentava, e para a surpresa de muitos, na luta contra transtornos alimentares dos 17 aos 22 anos. Eu não cozinhava nada, nem arroz, nem omelete, acho que me virava rasoável no miojo. Um verdadeiro desastre, mas mais comum do que imaginaríamos.

      Comida foi como um mosntro me perseguindo incansavemente por mais tempo do que me lembro. Mas aind abem que as marés mudam e eu nunca teria pensado que a comida e eu ficaríamos amigas novamente. 3 anos atrás eu decidi me tornar vegetariana por questões éticas. Se eu amo cachorros, gatos e todos os animais, por que eu mato as vacas, porcos e frangos? Isso nunca fez sentido na minha cabeça, e até hoje não consigo entender porque as pessoas fazem tanta diferença entre espécies, animais são animais, não importa qual, TODOS merecem amor. Enfim, cerca de 2 anos atrás eu fui morar com uma família indiana em Seattle e aquele foi meu segundo passo para uma grande transformação na minha vida: Tive que aprender a cozinhar comida indiana, para indianos! Sim, eu entrei em pânico algumas vezes, eu queimei, deixei cru, muito tempero, pouco tempero, proporção errada das pimentas, até que finalmente, 3 meses depois eu aperfeiçoei a receita de Rajma que até a minha host-mom indiana disse que estava melhor do que a dela. E daquele momento em diante eu passei a amar cozinhar. Não qualquer tipo de comida, mas comidas que me tragam algum tipo de sentimento, algo mais que apenas comida, algo especial, mágico. Passei a cozinhar com o meu coração.

         Para resuimir a história, 3 anos atrás a vida me trouxe de volta ao Brasil e desde então vendo conhecendo pessoas que têm me inspirado MUITO em me tornar mais sudável e que tem apenas feito eu me sentir mais forte e conectada comigo mesma desde então. É um sentimento sem fim de mudanças constantes e uma percepção de meu próprio corpo que eu nunca experimentei antes. É difícil de explicar, mas a comida, aquela mesma comida que consumiu minha sanidade no passado, foi o primeiro passo para uma maior percepção e entendimento do universo, mente-matéria, e por aí vai … tudo começou com a comida.

     Eu começei esse blog com a idéia de compartilhar receitas porque amigos sempre comentam que querem ser mais saudáveis mas não sabem o que comer. Mas isso é mais do que apenas um blog de receitas, eu quero ajudar a guiar pessoas não apenas a ter corpos mais saudáveis mas mentes lindas e ilumidadas, eu quero ajudar a preencher seus corações com amor e compaixão. Só precisamos dar um passo parar que venha o segundo!